30 de julho de 2017

Os contraceptivos fazem dói-dói!


Portanto, como Orgulhosamente Enfermeira deste estabelecimento sinto-me na obrigação de partilhar alguns artigos ou notícias que afectam a saúde das pessoas... hoje é um desses momentos, que não só vou partilhar com vocês uma notícia sobre métodos contraceptivos, como também vou fazer comentários para vos explicar todas as palavras técnicas e afins. Eu sei, eu sou um máximo... mas como vossa soberana sinto-me na obrigação, por isso aqui vai!
"The finding that the latest version of the injected male contraceptive is now very effective is fantastic news (...) The study found it is possible to have a hormonal contraceptive for men that reduces the risk of unplanned pregnancies in the partners of men who use it."
Não sei se vocês sabiam mas já há algum tempo que a comunidade científica se concentra em produzir outros métodos contraceptivos para os homens, nomeadamente uma pílula, ou seja, hormonas (tal e qual uma pílula que muitas meninas e mulheres tomamos desde sempre). É um grande avanço, certo?
"But the trial of the drug has already been halted – because just 20 of the men (out of 320, don’t forget) found the side effects of the injection intolerable and it was decided that more research needed to be done to try and counteract them. Those side effects included depression, muscle pain, mood swings, acne and changes to the libido."
Portanto, este momento fantástico de avanço científico foi parado... Porquê, perguntam vocês e muito bem? Ora parou pois 20 dos 320 homens do estudo acharam que não conseguiam viver com os efeitos secundários: depressão, mudanças de humor, dores musculares e mudanças na libido. 
Alguns destes efeitos secundários são familiares? Claro que sim, minhas caras súbditas, pois são os efeitos secundários menos graves das nossas pílulas femininas! Por isso minhas caras súbditas, este é um lindo momento para fazermos uma vigília ou um momento de silêncio para estes homens que não conseguem lidar com os efeitos secundários frequentes que muitas mulheres têm que simplesmente levar das pílulas que nos estão disponíveis desde 1960. 
"When it comes to contraception, medicine is clearly biased towards men. Women can have such ailments as depression and acne thrust upon them for the greater good of preventing an unwanted pregnancy, but the same level of discomfort cannot be expected of men. Researchers are now going to spend millions trying to alter this medication so that its side effects are lessened."
Gostava de aproveitar este momento para agradecer à pessoa que escreveu este artigo pois apesar de os artigos terem de ser imparciais, adorei esta pequena opinião... pois apesar de estar escrito de forma sarcástica e irónica, demonstra o quão ridículo a situação é e não só o facto de pararem por completo o lançamento do fármaco como ainda vão gastar mais dinheiro no seu melhoramento. E que tal gastarem o mesmo dinheiro no melhoramento dos fármacos e das pílulas para as mulheres? 
Quando uma rapariga ou mulher começa a tomar a pílula ou injecções contraceptivas e nos falam dos efeitos secundários, qual é a frase mais dita: os benefícios superam os riscos, não é?
"I don’t blame the men who dropped out of the trial for doing so. I blame the medical establishment for treating women like cattle who can deal with the risk of cancer and blood clots to avoid the world being populated by unwanted babies, yet aren’t willing to let men suffer even a slight headache to the same end. (...) The halting of the male contraceptive trial is not justified. Unless the researchers produce evidence that this injection increases the risk of death, cancer – or any side effect with a disproportionately higher risk than the forms of contraception billions of women are already using – they are courting controversy."
Eu, que sempre estive ligada às ciências, nunca pensei que a mesma fosse tendenciosa ou preconceituosa mas, claramente, isso não se verifica neste estudo ou até mesmo com a medicina em si, que diz que como a medicação é para as mulheres, que elas podem arcar com as consequências e efeitos secundários mas deixar homens sofrer com uma dor de cabeça, isso já é impensável!

É um artigo no mínimo controverso mas infelizmente é a nossa realidade.


28 de julho de 2017

The Dead List



Parece que quando quero voltar a ler, vou sempre para livros da Jennifer Armentrout e desta vez não foi diferente. Estou bastante parada nas leituras (o cansaço é muito, acreditem...) então para voltar ao activo decidi ler este livro standalone, que é especial... foi um livro que a autora escreveu para os fãs e o tornou público totalmente gratuito! Digam lá que não é uma fofinha?

O livro é um thriller mais para o teen que young adult mas com muito suspense... até chega a meter elementos de serial killer. É sobre uma pequena cidade que fica completamente assaltada com mortes bastante gráficas de adolescentes, sem nunca ter um suspeito e sem saber porque é que o criminoso está a matá-los.
Tem também um pequeno elemento de romance, girl power e muito mais! Aconselho se quiserem uma leitura fácil mais para o teen.

26 de julho de 2017

PoTD: update

Já cá faltava um update ao desafio Photo of The Day, que tal como já tinha explicado antes, consiste em colocar no Instagram uma foto por dia: que vai desde as minhas aventuras pelo UK, como das viagens que fiz ou ainda dos meus guilty pleasures fotográficos e muito mais... Espero que gostem!





Nota: não tenho o meu Instagram público mas se me quiserem seguir basta adicionarem @korina742.

24 de julho de 2017

I'm about to break



I cannot take this anymore
Saying everything I've said before
All these words they make no sense
I find bliss in ignorance
Less I hear the less you'll say
You'll find that out anyway

Just like before...

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
I'm about to break

I find the answers aren't so clear
Wish I could find a way to disappear
All these thoughts they make no sense
I find bliss in ignorance
Nothing seems to go away
Over and over again

Just like before...

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
I'm about to break

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
And I'm about to...
Break!

Shut up when I'm talking to you
Shut up, shut up, shut up
Shut up when I'm talking to you
Shut up, shut up, shut up, shut up
I'm about to break!

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
I'm about to break

Everything you say to me
Takes me one step closer to the edge
And I'm about to break
I need a little room to breathe
Cause I'm one step closer to the edge
And I'm about to...
Break!


Nota: logo no primeiro instante não quis acreditar, pensei que fossem daquelas notícias falsas que se propagam nas redes sociais mas depois apercebo-me que é mesmo verdade... independentemente, se gostavam de Linkin Park ou não, acho que temos que concordar que foi uma grande perda. RIP Chester.

22 de julho de 2017

KIKO foundation & Brush



Já não é a primeira vez que menciono esta base da KIKO mas agora que já estou quase a acabar a garrafa, queria fazer uma review em condições.

A junção desta foundation com aquele pincel específico (também da KIKO) é simplesmente divinal. Não é preciso muita quantidade do produto para espalhar na cara toda, aliás eu no início não percebia a função da pipeta mas depois percebi que de facto não é preciso muito e a pipeta nesse aspecto dá imenso jeito.
Se por acaso preciso de mais um bocadinho de "coverage" uso a roda-palete mas desde que fiquei grávida que isso é menos comum, então a minha make-up de manhã demora agora um total de 5/10 minutos!

Adorei!

18 de julho de 2017

Pequeno-almoço de Telenovela


Vocês todos sabem aquilo que eu estou falar... aquele momento fantástico em qualquer novela em que eles estão sentadinhos à mesa a comer um pequeno-almoço que simplesmente não acaba, LoL. 
Ele é suminho, 10 variantes de pão, croissants, ovos mexidos, pelos menos 5 variedades de compotas, fiambre e queijo para um regimento, um bolinho diferente todos os dias (sempre acabadinho de fazer, of course), torradas, maçãs, laranjas, ananás, papaia e frutas exóticas (que é para ficar bonito).
Eu se por acaso estiver a ver uma telenovela e estão a tomar o pequeno-almoço, penso sempre: credo, mas quem é que come aquilo tudo de manhã? LoL.

14 de julho de 2017

A very special birthday



Hoje a vossa soberana faz anos... perigosamente cada vez mais perto dos 30, LoL. Mas a verdade é que este aniversário, é um aniversário especial!

8 de julho de 2017

Um amor tatuado na alma


Para quem me segue no Instagram já soube da notícia mas fica aqui o post para oficializar a coisa, LoL. Por aqui está nascendo uma mãe!
Definitivamente 2017 está-se a revelar como o ano dos grandes passos... 

6 de julho de 2017

O Puto veio ao UK...


... e claro, aproveitamos para passear!

Levei o puto ao Museu de História Natural, fomos experimentar o Electric Diner tão falado em Portobello, visitamos o Old Operating Theatre, passámos um dia inteiro a passear por Greenwich, onde deu para ver o Cutty Sark, o Museu de Astronomia e do Tempo, os gigantes parques de Greenwich e ainda o Meridiano! Obviamente isto tudo e ainda uma visitinha obrigatória a Camden, eheheheh.

4 de julho de 2017

Portuguese: the best fans



Para quem segue o Reino no facebook, sabe que no final de Junho andei a partilhar vídeos do WTCC na Bila... infelizmente não foi tão feliz como no ano passado em que o Tiago Monteiro ganhou, contudo este ano foi na mesma ao pódio.

Não só o facto de o WTCC decorrer na Bila ser bom em termos turísticos mas é também uma excelente oportunidade de transmitir para o mundo inteiro que Portugal não é apenas Porto, Lisboa ou Algarve. No meio das montanhas no Norte de Portugal, existe uma cidade cheia de potencial, esquecida até pelos próprios portugueses... Contudo, a culpa não é só deles, a culpa é também dos media (como já mencionei noutro post), exemplo disso é que os melhores vídeos de resumo do WTCC são de canais estrangeiros que mostram o potencial da região, tanto do circuito citadino em si como da gastronomia e paisagens. Os canais portugueses? Vão falar com os velhotes das aldeias. Não acreditam em mim? Estejam com atenção e vejam uns clips. 

Anyway... depois do meu desabafo é bom ver que estas mentalidades estão a mudar pois apesar dos media passar a ideia que a Bila é só velhos, couves e vacas, as redes sociais acabam por contradizer bastante. Uma das opiniões a circular pelas redes sociais é do Júlio Sousa que para quem gosta de desportos motorizados conhece este comentador, que disse que o se vive em Vila Real na semana das corridas é muito especial pois transpira-se uma verdadeira paixão pelas corridas. Que apesar de já fazer este trabalho há muitos anos e ainda como ex-praticante também tanto a nível nacional como a nível internacional, que o que se transmite em Vila Real é raro. É uma cidade inteira cheia de petrolheads, de aficionados, que se juntam tanto para torcer pelos seus pilotos favoritos como recebem com todo amor e carinho os turistas que vêm fazer o mesmo.

Outra opinião e esta muito importante foi da própria FIA (Federation Internationale de l'Automobile) que nomeou os portugueses como os melhores fãs, tanto pela sua paixão como pela sua hospitalidade. Quanto à primeira, a paixão que os portugueses têm pelos seus pilotos dá-se conta pois Portugal é o único país onde se quebra o protocolo do pódio. Isto é, quando o o piloto sobe ao pódio tocam apenas 30 segundos do hino do seu país de origem... Obviamente, que quando um piloto português sobe ao pódio, incluindo o Tiago Monteiro, o povo português não se deixa calar assim e quando o nosso hino toca, mesmo sem música, o público canta até ao fim!

Se quiserem sentir esta emoção e atmosfera em pessoa, estejam atentos às corridas em Vila Real!

2 de julho de 2017

The Left Hand of God series


Comecei a ler esta saga do autor Paul Hoffman por sugestão da Words à la Carte. Infelizmente, não sei se foi pela fase em que estive a ler o livro mas simplesmente não pegou... por isso fiquei-me apenas pelo primeiro livro da saga.